A AssociaçãoConheça a Ser em Cena

A Ser em Cena é uma instituição sem fins lucrativos cujo objetivo é auxiliar na reabilitação de portadores de distúrbios de comunicação e promover sua integração na sociedade por meio de arte dramática, divulgando-a como método eficaz e sensibilizando as autoridades e a população sobre a realidade vivida por eles.

A Ser em Cena, a arte dramática e a afasia

O atendimento oferecido pela Ser em Cena visa à melhoria da comunicação oral e corporal por meio da arte dramática. Dessa forma, os portadores de distúrbio de comunicação podem trocar experiências e partilhar suas dificuldades com pessoas que tenham o mesmo problema.

As técnicas modernas de reabilitação trabalham com o modelo interdisciplinar e os recursos criativos trazidos pelo teatro, mímica, música e artes promovem uma interação lúdica e mobilizam a expressão espontânea, auxiliando na motivação do paciente e no treino de habilidades necessárias à sua recuperação.

O exercício da arte dramática nesse espaço contribui para o treino das habilidades necessárias à recuperação do afásico ou portador de distúrbio de comunicação, estimulando o desenvolvimento da compreensão oral, o desenvolvimento da expressão oral, o desenvolvimento da leitura e escrita, a linguagem corporal, e aperfeiçoando a coordenação motora e o desenvolvimento da afetividade.

A arte dramática permite desenvolver e ampliar a socialização dos participantes aumentando sua autoconfiança e autoestima num clima de aceitação e segurança.

Como auxiliar de tratamento, o teatro constitui uma atividade prazerosa e estimulante que é reforçada com as apresentações que representam a consagração de todo o processo mediante a vivência no palco e do olhar afetuoso e admirado do público, benéfico aos participantes. Os espetáculos repercutem na comunidade, promovendo a cultura e a ação social.

Os beneficiários diretos deste trabalho desenvolvido pela Ser em Cena são os portadores de distúrbios de comunicação e, indiretamente, seus familiares, amigos e cuidadores.

As atividades contam com a orientação e o acompanhamento das atividades de profissionais de gabarito em fonoaudiologia, psicologia e arte dramática.

Efeitos multiplicadores e sensibilização

A Ser em Cena busca ainda a disseminação das atividades realizadas com o objetivo de sensibilização da sociedade, das autoridades e dos profissionais da área da saúde a respeito dos distúrbios de comunicação e para divulgar a arte dramática como importante ferramenta de reabilitação e reintegração dos portadores desses distúrbios.

Algumas das ações realizadas pela Ser em Cena para multiplicação dos trabalhos desenvolvidos e para a sensibilização são as seguintes:

  • Parcerias com Universidades
  • Palestras
  • Cursos para profissionais na área da saúde
  • Orientação em trabalhos de conclusão de curso, mestrados e doutorados sobre as atividades da Ser em Cena.
  • Apresentação dos espetáculos montados em teatros, faculdades, congressos
  • Disponibilização de seu espaço para incentivo à cultura como, por exemplo, lançamento de livros e palestras.
  • Atividades

Desde 2002 a Ser em Cena já atendeu mais de 120 portadores de afasia e de outros distúrbios de comunicação beneficiando indiretamente mais de 400 pessoas.

Por meio das atividades que acontecem atualmente toda quarta-feira no período da manhã e da tarde e na sexta-feira no período da manhã, atendemos aproximadamente 60 pessoas, divididas em três grupos. A carga média mensal de atendimento por pessoa é de aproximadamente 12 horas.

Cada participante atendido recebe treinamento fonoaudiológico e a equipe de psicólogos e fonoaudiólogos orienta as atividades para a obtenção de melhores resultados em sua recuperação.

Em função das atividades e dos atendimentos semanais são feitas as montagens dos espetáculos encenados no teatro.

A Ser em Cena busca ainda a realização de outras atividades que contribuem para a reintegração dos participantes junto à sociedade e a melhoria de sua qualidade de vida e autoestima. Algumas destas atividades são: saídas com o grupo de afásicos em cinemas, teatros, museus, shows, etc.