Histórico Ser em CenaSua Evolução.

A Ser em Cena foi institucionalizada em 2004, quando se tornou uma organização não governamental, sem fins lucrativos. Assim, ela se fortalecia para dar continuidade às atividades iniciadas pelo grupo "Afasia em Cena" em 2002, que já se apresentara no Teatro Bibi Ferreira e na Uniban (Universidade Bandeirante) e continuou suas apresentações em 2003. A proposta inicial de sua criação foi trazida pela fonoaudióloga Fernanda Papaterra Limongi, a partir de um modelo do Canadá para um Teatro de Afásicos, que visava montagens teatrais com pessoas com distúrbios de comunicação. Em 2004 Fernanda Papaterra Limongi e Nicholas Wahba, junto a uma gabaritada equipe profissional e administrativa presidida por Elie Wahba fundavam a Ser em Cena.

Em 2005 a Ser em Cena conquista a sua sede, que foi cedida por regime de comodato e continua suas apresentações do espetáculo montado no Teatro Bibi Ferreira.
Pela participação no programa “Ação” que tem como apresentador Serginho Groisman,na rede Globo, a Ser em Cena é procurada por diversas pessoas interessadas em saber mais sobre os distúrbios de comunicação e sobre as atividades da Ser em Cena.
Dois grupos de afásicos começam a ser atendidos na sede da Ser em Cena e no SESC Consolação, com apoio de psicólogos, fonoaudiólogos e profissionais da arte dramática.
Nicholas Wahba ministra palestras na USP e orienta trabalhos de conclusão de curso.
Ainda em 2005 a Ser em Cena recebe o título de OSCIP – Organização da Sociedade Civil de Interesse Público.

Em 2006 é feita a montagem de novos espetáculos teatrais, “Os Turistas” é apresentado no Teatro Bibi Ferreira e no Clube Alto dos Pinheiros. Outra montagem foi “Cenas Chaplinianas” apresentado na sede da Ser em Cena.
O espetáculo “Reconstruindo a Palavra” também continua sendo apresentado no teatro Bibi Ferreira e Tuca Arena - PUC.
É dada continuidade aos atendimentos e atividades com os afásicos na sede da Ser em Cena e SESC Consolação.
Realização de palestras e orientação em trabalhos de conclusão de curso.

Em 2007 o espetáculo Reconstruindo a Palavra é apresentado no Segundo Composium Internacional da IALP – International Association of Logopedics and Phoniatrics, em São Paulo, no teatro do Blue Tree Ibirapuera Convention Center.

São montados os espetáculos Musical I e Musical II apresentados na sede da Ser em Cena e a montagem do espetáculo O Humor na Ponta do Lápis apresentado no teatro Bibi Ferreira.

Em 2008 apresenta-se o espetáculo O Humor na Ponta do Lápis no II JONOFOUSP – Jornada de Fonoaudiologia da Universidade de São Paulo e VI Congresso Brasileiro de Tecnologia e (Re) Habilitação Congnitiva – da Sociedade Brasileira de Neurologia no teatro da FMU.

Nesse período é dada continuidade aos atendimentos e atividades com os afásicos na sede da Ser em Cena e SESC Consolação, que agora conta com um terceiro grupo de pacientes. Realizam-se palestras e orientação em trabalhos de conclusão de curso.

Em 2009 apresenta-se o espetáculo Piadas em Quadrinhos no Centro Cultural Grupo Silvio Santos (Teatro Imprensa), Teatro José de Alencar, Sétima Mostra Brasileira de Teatro Transcendental em Fortaleza, Uniban (Universidade Bandeirante de São Paulo) e no 2° Seminário de Reabilitação Neuropsicológica (UNIVESP).

Em 2010 apresenta o espetáculo Cadê o Tempo?!, de Fernanda Papaterra e Saliba Filho no Centro Cultural Grupo Silvio Santos (Teatro Imprensa). Realizada palestra na Faculdade UNORP, de São José do Rio Preto para alunos e profissionais da área da saúde.

A Ser em Cena leva o grupo de afásicos atendidos ao teatro para aprofundar o estudo da arte cênica. As peças teatrais vistas em 2010 são: O Meu Amigo Pintor (no CCBB de São Paulo), O Gato Preto de Poe, ou Quase (no Galpão do Folias), A Grande Volta (no Teatro da FAAP), Palhaços (no Galpão do Folias) e Macaco Zebrado (no Teatro Ruth Escobar).

Ainda em 2010 a Ser em Cena busca uma maior divulgação de suas atividades, fazendo parcerias com empresas e recebendo como madrinha da Ser em Cena Adriane Galisteu.

Em 2011 apresentamos o espetáculo "SOS Planeta" no Teatro Shopping Frei Caneca (em São Paulo - capital) lotando todas as sessões. Aumentamos o número de alunos atendidos com a oficina nova de danceabillity e também com uma oficina exclusiva de canto coral. Muitas entrevistas da Ser em Cena para jornais e revistas como: Época São Paulo, Jornal A Folha de São Paulo, Revista CARAS de Portugal, Revista Incluir, Revista Isto É, Revista Crefito, Revista Bem Vindo, etc. Apresentação de palestras sobre a Ser em Cena e suas atividades em conferências e congressos na área da saúde.

Em 2012 apresentamos o espetáculo teatral "Linhas Cruzadas" com abertura de coral no Teatro Shopping Frei Caneca (São Paulo – capital) lotando todas as sessões. Mantivemos o número de alunos atendidos. Continuidade nas aulas de teatro, danceability e canto coral. Demos entrevistas para jornais, revistas, sites e programas de televisão. Ministramos palestras em faculdades na área da saúde, Centros de Tratamento e Congressos voltados a profissionais da área da saúde.

No ano de 2013 fizemos a remontagem do espetáculo teatral "Espetáculo Viver – Linhas Cruzadas" no Teatro Bibi Ferreira com um elenco reduzido, visando as apresentações em outros teatros, palestras e workshops. Fizemos a montagem do espetáculo teatral "O Grande Baile" lotando todas as sessões no Teatro Brigadeiro. Ainda em 2013 demos início à Oficina de Estimulação Cognitiva, que utiliza jogos educativos e materiais diversos para o auxílio ao desenvolvimento da linguagem e raciocínio dos alunos.

Em 2014 a Ser em Cena apresentou o espetáculo “Coisas da Cidade Grande” com a apresentação de Coral na abertura da peça no Teatro Shopping Frei Caneca. Foi um sucesso de público.

Também veiculamos no SBT o vídeo institucional da Ser em Cena com o ator Lima Duarte.

Os alunos e seus familiares ainda fizeram muitos passeios culturais, prestigiando os espetáculos: “O Rei Leão – o Musical”, “Memórias Roubadas”, “Jesus Cristo Super Star – o Musical”, “Falas de um Mímico” e também curtiram muito o “Disney On Ice” no estádio do Ibirapuera.

A Ser em Cena apresentou palestra com apresentação de esquetes do espetáculo “Coisas da Cidade Grande” no Congresso de Fonoaudiologia da UNIFESP.

Em 2015 mantivemos todas as oficinas culturais na Ser em Cena – teatro, musicalização e danceability – e também as oficinas de Esquenta Cérebro (Estimulação Cognitiva) e Psicomotricidade. Todas aconteceram com o apoio do acompanhamento fonoaudiológico e psicológico.
Levamos nossos alunos gratuitamente para passeios culturais como: Espetáculo Mudança de Hábito – O Musical, Espetáculo Charles Chaplin – O Musical, Espetáculo Antes Tarde do Que Nunca, Espetáculo Barbaridade, Espetáculo Galileu Galilei, Disney On Ice, Fuerza Bruta e Espetáculo Se Fosse Fácil Não Teria Graça.
A Ser em Cena apresentou o espetáculo “Acorda, Alice!” no Teatro Shopping Frei Caneca com sucesso de público mais uma vez, lotando os dois dias de apresentações, num teatro de 600 lugares.
Apresentamos ainda esquetes do espetáculo “Linhas Cruzadas” e “Piadas em Quadrinhos” em centros de saúde e congressos também da área da saúde.

Em 2016 realizamos a apresentação do espetáculo teatral “Do Outro Lado do Oceano“ no Teatro Shopping Frei Caneca, lotando suas apresentações. Conseguimos ainda a Certificação junto à Delegacia Regional de Assistência Social, no programa Pró Social, que permitiu que recebamos doações de Cupons Fiscais ou Notas Fiscais.